A situação das penitenciárias no Brasil é uma verdadeira calamidade. O sistema não faz aquilo que deveria. Não promove a ressocialização dos presos. Em muitos casos, os presidiários saem mais violentos do que quando começaram a cumprir suas penas. Além desse grave problema, a superlotação, as fugas, a falta de higiene e a atuação do crime organizado expõem os problemas das cadeias brasileiras. Para resolver essa situação, o senador Flexa apoia o projeto que regulamenta as parcerias público-privadas na construção e administração depresídios.