Neste momento difícil que o Brasil atravessa, que neste dia 7 de setembro nós façamos um exame de consciência: a única arma que pode diferenciar os bons dos maus políticos é o voto. É apenas através do voto que nós conseguiremos transformar o nosso presente e o nosso futuro.